18 de janeiro de 1665

18 de janeiro de 1665

Neste dia concretizou-se o auto de entrega e posse de Bombaim aos ingleses como parte do dote de D. Catarina de Bragança ao casar-se com o rei inglês, Carlos II.

Por esta razão, deixou de fazer parte do império português depois de em 1509 termos visitado Bombaim pela primeira vez, que nos foi  entregue com caráter definitivo em 1534 pelo sultão Bádur Xá de Guzarate.

Personalidade nascida neste dia

O político e jornalista português, João Mendes da Costa do Amaral, mais conhecido por João do Amaral, nasceu no dia 18 de janeiro de 1893.

Foi deputado à Assembleia Nacional e dirigente da União Nacional.

Ficou também conhecido por ser um dos fundadores do Integralismo Lusitano, depois de se ter convertido à causa monárquica em 1914 ao fazer 21 anos.

Os fundamentos deste movimento foram publicados num folheto intitulado Aqui d’El Rei.

A vertente jornalística da sua carreira ficou enriquecida com o cargo de subdiretor do Diário de Notícias entre 1938 e 1939.

Desempenhou um papel muito importante no casamento de D. Duarte Nuno de Bragança com a princesa Maria Teresa de Orleães e Bragança.

A subida de Marcelo Caetano ao poder determinou o seu abandono da política ativa.

Morreu no dia 4 de março de 1981.

joao_amaral

 

 

 

 

Anúncios

25 de novembro de 1435

25 de novembro de 1435

Neste dia D. Duarte I, rei de Portugal, ratificou os tratados assinados (Tratado de Windsor) entre D. João I e os monarcas ingleses Ricardo II, Henrique IV e Henrique V.

O Tratado de Windsor entre Portugal e Inglaterra é a mais antiga aliança diplomática do mundo ainda em vigor e foi assinado depois da ajuda dos ingleses na vitória de Aljubarrota.

Personalidade nascida neste dia

No dia 25 de novembro de 1638 nasceu Catarina Henriqueta de Bragança, infanta de Portugal, princesa da Beira e mais tarde rainha consorte de Inglaterra e Escócia através do seu casamento com o rei Carlos II da casa de Stuart.

Era filha do rei D. João IV e da rainha D. Luisa de Gusmão.

Enquanto rainha consorte de Inglaterra nunca foi muito popular por ser católica, mas deixou para a posteridade a geleia de laranja, o hábito de beber chá e introduziu o uso dos talheres e do tabaco.

O seu casamento com Carlos II sempre foi tumultuoso porque o rei inglês era-lhe sistematicamente infiel. Acresce que, apesar de ter engravidado por diversas vezes, não conseguiu deixar descendência.

Regressou a Portugal alguns anos após ter enviuvado, tendo chegado a Lisboa no dia 20 de janeiro de 1693.

Morreu no último dia de 1705, tendo sido enterrada na Igreja dos Jerónimos. Mais tarde o seu corpo foi transladado para o Panteão dos Braganças.

Catherine_of_Braganza_-_Lely_1663-65