22 de julho de 1916

22 de julho de 1916

Neste dia foi constituído o Corpo Expedicionário Português em Tancos com cerca de 30000 homens.

Foi o General Norton de Matos, ministro da Guerra entre 1915 e 1917, o responsável por este processo em colaboração com o General Tamagnini.

A instrução destes homens foi feita em Tancos.

Apesar de terem iniciado a sua participação na I Grande Guerra com elevados níveis de desempenho, acabaram por sofrer uma derrota contra os alemães na tragicamente famosa Batalha de La Lys.

Personalidade nascida neste dia

No dia 22 de julho de 1632 nasceu Luís de Meneses, 3.º conde da Ericeira.

Foi um militar, político, vedor da Fazenda e historiador.

Era um dos homens mais cultos da sua época e possuía uma biblioteca excelente no seu palácio. Falava francês, espanhol e italiano e foi o autor da obra História de Portugal Restaurado.

Suicidou-se no dia 26 de maio de 1690 atirando-se de uma janela do seu palácio, atitude causada por uma depressão.

D._Luís_de_Meneses,_3.º_Conde_da_Ericeira_(1632-1690),_1673-1675_-_Feliciano_de_Almeida_(Galleria_degli_Uffizi,_Florence).png

Anúncios

29 de maio de 1385

29 de maio de 1385

Nesta data aconteceu a Batalha de Trancoso entre os exércitos português e castelhano com 300 e 600 homens, respetivamente.

Esta batalha, que teve como desfecho a vitória portuguesa, teve como comandante das forças castelhanas, Juan Rodriguez de Castañeda. As forças portuguesas foram comandadas por Gonçalo Vasques Coutinho, Alcaide do Castelo de Trancoso. Teve o auxílio dos homens de Martim Vasques da Cunha, Alcaide do Castelo de Linhares, e de João Fernandes Pacheco, Alcaide do Castelo de Celorico.

Personalidade nascida neste dia

No dia 29 de maio de 1885 nasceu em Angra do Heroísmo o médico Jorge de Almeida Monjardino.

Foi médico-cirurgião, formado na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa e M.D. em Massachussetts no ano de 1910.

Exerceu a sua especialidade de cirurgia no exército português, designadamente no Corpo Expedicionário Português durante a I Grande Guerra.

Era o irmão mais novo de Augusto de Almeida Monjardino, reitor da Universidade de Lisboa e fundador e primeiro diretor da Maternidade Alfredo da Costa.

Morreu em Lisboa no dia 24 de junho de 1940.

jorge_almeida_monjardino

 

 

29 de abril de 2010

29 de abril de 2010

Neste dia foi lançado primeiro número da revista Glosas no Conservatório Nacional de Lisboa.

É a única revista do mundo dedicada exclusivamente à música de compositores lusófonos e dirige-se a um público muito abrangente desde o melómano ao músico profissional.

GLOSAS_1[1]

Personalidade nascida neste dia

No dia 29 de abril de 1884 nasceu o médico, político, escritor e historiador português, Jaime Zuzarte Cortesão.

Foi deputado da nação e, defendendo a paryicipação de Portugal na I Guerra Mundial, ofereceu-se como voluntário para o Corpo Expedicionário Português, no posto de capitão-médico.

As suas memórias desta experiência foram publicadas em Memórias da Grande Guerra (1916-1919).

Presidiu à Junta Revolucionária estabelecida no Porto com o intuito de derrubar a ditadura militar portuguesa, o que lhe valeu o exílio, primeiro em França e depois no Brasil.

Foi neste país que se dedicou ao ensino universitário e ao estudo dos Descobrimentos Portugueses.

Regressou a Portugal em 1957 e fez campanha por Humberto Delgado, tendo sido preso por quatro vezes, conjuntamente com António Sérgio, Vieira de Almeida e Azevedo Gomes.

Morreu em Lisboa no dia 14 de agosto de 1960 e jaz sepultado no cemitério dos Prazeres.

A título póstumo foi feito Grande-Oficial da Ordem da Liberdade (30 de junho de 1980) e foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique (3 de julho de 1987).

200px-Jaime_Zuzarte_Cortesao.gif

 

 

 

30 de janeiro de 1917

30 de janeiro de 1917

Neste dia zarparam do rio Tejo três vapores britâncos com a 1.ª brigada do Corpo Expedicionário Português comandada pelo general Gomes da Costa.

Generais_Tamagnini_Hacking_e_Gomes_da_Costa

Personalidade nascida neste dia

Nasceu na freguesia de São Mamede em Lisboa no dia 30 de janeiro de 1943 a historiadora e socióloga Maria Filomena de Carvalho Godinho Mónica.

É licenciada em Filosofia pela Universidade de Lisboa e doutorada em Sociologia pela Universidade de Oxford.

Publicou mais de uma dezena de obras de caráter histórico e sociológico.

A sua Magnum opus é Bilhete de Identidade – Memórias 1943-1976.

maria_filomena_monica

23 de novembro de 1918

23 de novembro de 1918

Neste dia regressaram a Lisboa as primeiras tropas do Corpo Expedicionário Português depois da sua participação na I Grande Guerra 1914-1918.

Recorda-se que Portugal participou neste conflito ao lado dos Aliados, tendo numa primeira fase enviado tropas para a defesa das colónias africanas que se encontravam ameaçadas pela Alemanha.

Numa segunda fase, Portugal enviou em 1917 as primeiras tropas do Corpo Expedicionário Português para combates na Europa, designadamente na Flandres e em França, num esforço de guerra que obrigou à mobilização de quase 200 mil homens, com perdas de quase 10 mil mortos e milhares de feridos.

A participação portuguesa neste conflito mundial ficou marcada pela derrota estrondosa infligida pelas tropas alemãs na Batalha de La Lys no dia 9 de abril de 1918.

Esta derrota é considerada o maior desastre militar português depois da batalha de Alcácer-Quibir.

Personalidade nascida neste dia

Nasceu no Porto, no dia 23 de novembro de 1948, Maria Leonor Couceiro Pizarro Beleza.

É licenciada em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, onde deu aulas entre 1973 e 1975 como assistente e entre 1977 e 1982 como regente da cadeira de Direito da Família.

Tem uma carreira política sempre ligada ao Partido Social Democrata, ao qual aderiu logo em 1974, tendo exercido diversos cargos, designadamente os de deputada e Ministra da Saúde nos X e XI Governos Constitucionais.

Atualmente é Presidente da Fundação Champalimaud desde 2004, conforme decisão deixada em testamento por António Champalimaud.

Foi agraciada em 25 de fevereiro de 1994 com a Grã-Cruz da Ordem do Falcão da Islândia e a 9 de junho de 2005 com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo.

PR, Cavaco, recebe presidente da Fundação Champalimaud