25 de junho de 1825

25 de junho de 1825

Neste dia foram criadas as Escolas Régias de Cirurgia de Lisboa e do Porto com a seguinte justificação:

“Sendo indispensável e da mais absoluta necessidade que os Cirurgiões adquiram os precisos conhecimentos para bem e dignamente prehencherem, e com publica utilidade, os empregos de Cirurgiões no Exército e na Armada; assim como para poderem socorrer os Povos, tanto nos lugares onde não existirem Medicos, como naqueles cujo número não for sufficiente para ocorrer a todas as affecções do seu foro”.

Personalidade nascida neste dia

No dia 25 de junho de 1933 nasceu o mais premiado arquiteto contemporâneo português, de seu nome Álvaro Joaquim de Melo Siza Vieira.

A sua obra é de tal modo extensa que não cabe aqui enumerar todos os trabalhos que projetou, mas é importante referir que contempla uma ampla diversidade na tipologia dos edifícios e na sua localização geográfica, uma vez que se espalha por Portugal, Alemanha, China ou Itália, entre outros.

Refira-se a título de curiosidade que a sua primeira obra data de 1952 e respeitava à cozinha da casa da sua avó.

Recebeu os mais importantes prémios nacionais e internacionais e foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique a 9 de julho de 1999 depois de ter sido feito Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada no dia 10 de junho de 1992.

siza-vieira.jpg

31 de maio de 1790

31 de maio de 1790

Nesta data foram criadas as primeiras escolas femininas em Lisboa, depois da reforma pombalina ter determinado em 6 de novembro de 1772 a criação de uma rede nacional de escolas régias para o ensino elementar dos rapazes.

Personalidade nascida neste dia

No dia 31 de maio de 1469 nasceu D. Manuel I, rei de Portugal, com os cognomes de O AfortunadoO Bem-Aventurado.

D. Manuel I subiu ao trono após a morte do seu primo, o rei D. João II, que o nomeou como sucessor por não ter deixado herdeiros legítimos.

Foi durante o seu reinado que, ao prosseguir as explorações portuguesas iniciadas pelos seus antecessores, se descobriu o caminho marítimo para a Índia, o Brasil e as ilhas Molucas (ilhas das especiarias).

Os descobrimentos levaram-no a ser o primeiro rei a assumir o título de Senhor do Comércio, da Conquista e da Navegação da Arábia, Pérsia e Índia.

A instalação da inquisição em Portugal foi autorizada por este monarca.

Toda a atividade comercial resultante do comércio de especiarias gerou um ambiente de prosperidade que lhe permitiu realizar inúmeras obras com um novo estilo arquitetónico que ficou conhecido por “manuelino”.

Morreu no dia 13 de dezembro de 1521 e está enterrado no Mosteiro dos Jerónimos.

Manuel_I1