25 de fevereiro de 1869

25 de fevereiro de 1869

Neste dia foi publicada a lei que aboliu a escravatura em todo o império português.

Aliás, Portugal foi um país pioneiro na abolição da escravatura quando no reinado de D. José I, o marquês de Pombal decretou a 12 de fevereiro de 1761 a eliminação da escravatura na metrópole e na Índia.

O processo que culminou com a lei de 25 de fevereiro de 1869 teve ainda como etapas a abolição do tráfico de escravos no império português em 1836, a libertação dos escravos do Estado em 1854 e os da Igreja em 1856.

Personalidade nascida neste dia

No dia 25 de fevereiro de 1891 nasceu em Lisboa o fadista Alfredo Rodrigo Duarte, mais conhecido por Alfredo Marceneiro. Este epíteto vem da profissão que aprendeu, tendo trabalhado, por exemplo, nos estaleiros da CUF a fazer móveis para os navios.

Este fadista tinha uma voz inconfundível e criou um estilo próprio de cantar o fado.

Casa da Mariquinhas é um dos seus fados mais famosos.

Reformou-se da carreira artística em 1963 com um grande festa de despedida no Teatro São Luiz.

Morreu no dia 26 de junho de 1982 na mesma freguesia que o viu nascer, Santa Isabel.

O General Ramalho Eanes condecorou este fadista postumamente no dia 30 de julho de 1984 com o grau de Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

alfredo_marceneiro