Razões reais – parte VI

Estabilidade e continuidade

A estabilidade e a continuidade são essenciais para um estado manter a justiça e ordem sociais, como refere o Dr. Mário Saraiva.

Com efeito, ao regime republicano estão permanentemente associadas as questões políticas, não se criando deste modo o ambiente mais propício para a serenidade que se impõe em matérias essenciais para o povo.

Se ao governo e ao parlamento a instabilidade política não é uma situação alheia, não se pode aceitar que a chefia de um estado esteja dependente dos “humores” políticos.

Diz o Dr. Mário Saraiva:

“Na Monarquia a instituição dinástica identifica-se com a perenidade da Pátria.”