22 de agosto de 1415

22 de agosto de 1415

Na manhã deste dia, as forças portuguesas constituidas por cavaleiros e soldados portugueses, ingleses, galegos e biscainhos conquistaram a cidade de Ceuta sem grande resistência dos mouros.

Refira-se que nesta conquista participou a aristocracia portuguesa mais relevante do século XV, incluindo o herdeiro ao trono, D. Duarte, os infantes D. Pedro e D.Henrique, assim como o Condestável D. Nuno Álvares Pereira.

Embora os resultados da conquista de Ceuta não tenham sido os esperados, a verdade é que constituiu o primeiro passo para a expansão ultramarina daquele que viria a ser o império Português.

Resultado de imagem para conquista de ceuta

Personalidade nascida neste dia

No dia 22 de agosto de 1823 nasceu Manoel da Rocha Romariz, que foi o fundador da Casa de Romariz ligada à produção de vinho do Porto.

A familia manteve a gestão desta casa até 1966 quando foi vendida à empresa Guimaraens & Co donos da marca Fonseca.

Morreu no dia 8 de abril de 1892 na mesma terra onde nasceu, Mafamude em Vila Nova de Gaia.

 

Anúncios

3 de maio de 1911

3 de maio de 1911

Um decreto deste dia criou oficialmente a Guarda Nacional Republicana (GNR), força de segurança responsável por velar pela segurança pública e policiar as povoações, estradas, pontes, vias férreas e linhas telefónicas e telegráficas.

A GNR substituiu a Guarda Republicana, que por sua vez resultou da transformação da Guarda Municipal de Lisboa e do Porto. É de realçar que a Guarda Municipal foi a última força monárquica a render-se aos republicanos.

Personalidade nascida neste dia

No dia 3 de maio de 1455 nasceu D. João II, o rei de Portugal que recebeu o cognome de O Príncipe Perfeito.

Era o filho de D. Afonso V, tendo inclusivamente acompanhado o seu pai nas campanhas em África. Mais tarde, enquanto o seu pai combatia os castelhanos, D. João II assumiu a direção da expansão marítima iniciada pelo seu tio-avô, o infante D. Henrique.

Enquanto monarca, foi um grande defensor da política de exploração atlântica, priorizando a descoberta do caminho marítimo para a Índia.

O seu reinado foi caraterizado por ter retirado o poder à aristocracia portuguesa, o que lhe granjeou alguns inimigos, designadamente da Casa de Bragança. Refira-se ainda que eliminou pessoalmente alguns dos seus detratores, entre os quais D. Fernando II, duque de Bragança, e o seu primo e cunhado D. Diogo, duque de Viseu.

Negociou o Tratado de Tordesilhas em 1494 com os reis católicos de Espanha, um ano antes de morrer (25 de outubro de 1495).

Joao_II

 

 

 

11 de abril de 1759

11 de abril de 1759

Nesta data um alvará real de D. José I eleva a vila de Aveiro a cidade com a designação de Nova Bragança.

Este facto acontece alguns meses depois de este rei ter condenado o último duque de Aveiro ao cadafalso por traição.

A rainha D. Maria I mandou a cidade voltar à sua antiga designação.

A cidade de Aveiro foi feita Oficial da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito a 29 de março de 1919 e Membro-Honorário da Ordem da Liberdade a 23 de março de 1998.

Personalidade nascida neste dia

No dia 11 de abril de 1357 nasceu em Lisboa aquele que veio a ser o décimo rei de Portugal e o primeiro da dinastia de Avis.

Era filho ilegítimo do rei D. Pedro I e foi aclamado monarca de Portugal na sequência da crise de 1383-1385.

O legado que deixou atribuiu-lhe o cognome de O de Boa Memória.

Foi também responsável pela conquista de Ceuta em 1415, o início da expansão portuguesa.

Os seus filhos foram designados por Luís Vaz de Camões a Ínclita Geração.

Morreu no dia 14 de agosto de 1433 e jaz sepultado no Mosteiro da Batalha.

Anoniem_-_Koning_Johan_I_van_Portugal_(1450-1500)_-_Lissabon_Museu_Nacional_de_Arte_Antiga_19-10-2010_16-12-61.jpg