14 de julho de 1976

14 de julho de 1976

Neste dia o General Ramalho Eanes é investido como 16.º presidente da república, sucedendo ao também General Francisco Costa Gomes.

Este seu primeiro mandato durou até 9 de março de 1986 e resultou da vitória nas eleições de 27 de junho de 1976 com 62 % dos votos contra 17 % de Otelo Saraiva de Carvalho, 14 % de Pinheiro de Azevedo e 7 % de Octávio Pato.

Personalidade nascida neste dia

No dia 14 de julho de 1866 nasceu Miguel Ventura Terra na localidade de Seixas em Caminha.

Foi um arquiteto português que ganhou o Prémio Valmor em 1903, 1906, 1909 e 1911.

No conjunto dos seus projetos e obras destacam-se a capela encomendada pela rainha D. Maria Pia para o Palácio Nacional da Ajuda, o Banco Totta e Açores da Rua do Ouro, a maternidade Alfredo da Costa, a Sinagoga de Lisboa e os liceus Camões, Pedro Nunes e Maria Amália.

Era republicano e maçon.

Morreu no dia 30 de abril de 1919 e jaz sepultado na terra onde nasceu.

Miguel_Ventura_Terra

 

 

Anúncios

13 de julho de 1979

13 de julho de 1979

Neste dia o Presidente da República, General Ramalho Eanes, tomou a decisão de dissolver o parlamento, de marcar eleições intercalares e de indigitar uma personalidade para assumir um governo que preparasse este processo eleitoral.

Esta ato levou à indigitação do V Governo Constitucional liderado, pela primeira vez e até agora única, por uma mulher. Esta responsabilidade recaiu sobre Maria de Lourdes Pintassilgo.

lourdes_pintassilgo

Este percurso de 1 de agosto de 1979 a 3 de janeiro de 1980 foi denominado pela primeira-ministra como a marcha dos cem dias.

As razões da escolha desta personalidade pelo General Ramalho Eanes foram por considerá-la “uma mulher de princípios, valores, culta, de boa formação académico-científica, com experiência política, com longa prática de ação na área internacional, e, além disso, ousada, determinada e corajosa”.

Personalidade nascida neste dia

No dia 13 de julho de 1882 nasceu em Chacim, Macedo de Cavaleiros, Jaime de Morais, de seu nome completo Jaime Alberto de Castro de Morais.

Foi médico e oficial da Armada Portuguesa, tendo-se distinguido como opositor do regime ditatorial que resultou do Golpe de 28 de maio de 1926.

Também desempenhou as funções de governador-geral de Angola e governador da Índia Portuguesa.

Participou ativamente no golpe de 5 de outubro de 1910, que resultou na implantação da república.

Morreu no Brasil no dia 20 de dezembro de 1973.

Jaime_Morais,_em_uniforme_de_gala_(1906).png

 

 

22 de fevereiro de 1974

22 de fevereiro de 1974

Neste dia foi publicado o livro Portugal e o Futuro do general António de Spínola.

Neste livro o ex-governador da Guiné-Bissau advogava uma solução política para o conflito do Ultramar em vez da estratégia militar que estava a ser seguida.

Este livro foi polémico porque as ideias que continha ameaçavam o regime existente.

spi-1

Personalidade nascida neste dia

No dia 22 de fevereiro de 1926 nasceu José António Barreto Travassos, também conhecido por Zé da Europa.

Este nome surgiu do facto de ter sido o primeiro português a integrar uma seleção de futebol da Europa num jogo contra uma equipa do Reino Unido.

Fez parte dos famosos Cinco Violinos da equipa do Sporting Clube de Portugal juntamente com Albano, Jesus Correia, Peyroteo e Vasques.

O seu golo com um pontapé de moinho contra o Futebol Clube do Porto ficou imortalizado no filme O Leão da Estrela.

Ganhou 8 campeonatos nacionais e 2 taças de Portugal ao serviço do Sporting Clube de Portugal, clube onde fez mais de 450 jogos e 172 golos.

Morreu no dia 12 de fevereiro de 2002.

Travassos_taça[1]