3 de maio de 1911

3 de maio de 1911

Um decreto deste dia criou oficialmente a Guarda Nacional Republicana (GNR), força de segurança responsável por velar pela segurança pública e policiar as povoações, estradas, pontes, vias férreas e linhas telefónicas e telegráficas.

A GNR substituiu a Guarda Republicana, que por sua vez resultou da transformação da Guarda Municipal de Lisboa e do Porto. É de realçar que a Guarda Municipal foi a última força monárquica a render-se aos republicanos.

Personalidade nascida neste dia

No dia 3 de maio de 1455 nasceu D. João II, o rei de Portugal que recebeu o cognome de O Príncipe Perfeito.

Era o filho de D. Afonso V, tendo inclusivamente acompanhado o seu pai nas campanhas em África. Mais tarde, enquanto o seu pai combatia os castelhanos, D. João II assumiu a direção da expansão marítima iniciada pelo seu tio-avô, o infante D. Henrique.

Enquanto monarca, foi um grande defensor da política de exploração atlântica, priorizando a descoberta do caminho marítimo para a Índia.

O seu reinado foi caraterizado por ter retirado o poder à aristocracia portuguesa, o que lhe granjeou alguns inimigos, designadamente da Casa de Bragança. Refira-se ainda que eliminou pessoalmente alguns dos seus detratores, entre os quais D. Fernando II, duque de Bragança, e o seu primo e cunhado D. Diogo, duque de Viseu.

Negociou o Tratado de Tordesilhas em 1494 com os reis católicos de Espanha, um ano antes de morrer (25 de outubro de 1495).

Joao_II

 

 

 

Anúncios