3 de agosto de 1882

3 de agosto de 1882

Neste dia foi inaugurado o primeiro troço ferroviário da Linha da Beira Alta entre Vilar Formoso e a Figueira da Foz.

Esta linha acabou por não ter o sucesso esperado, apesar de ser a principal ligação ferroviária com Espanha e em 1946 acabou por ser integrada na Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses.

Estacao_de_Figueira_da_Foz.jpg

Personalidade nascida neste dia

No dia 3 de agosto de 1748 nasceu na cidade invicta Ricardo Franco de Almeida Serra, que veio a ser um militar e engenheiro de nomeada, designadamente no Brasil.

Com efeito, a rainha D. Maria I designou-o para chefiar a Terceira Partida de Demarcação de Limites no Brasil, para resolver as disputas territoriais existentes com a Coroa Espanhola.

Foi assim decisivo para a consolidação territorial desta colónia portuguesa, al´me de ter desempenhado um papel militar relevante em diversas batalhas onde o seu heroísmo e coragem estiveram sempre patentes.

Morreu no dia 21 de janeiro de 1809 enfraquecido pelas doenças tropicais, mas a sua memória perdura até hoje com a citação do seu nome no hino do Estado do Mato Grosso do Sul.

Ricardo-Franco-de-Almeida-Serra-580x707

30 de maio de 1879

30 de maio de 1879

Neste dia o 36.º governo da Monarquia Constitucional assinou o chamado Tratado de Lourenço Marques através do qual se permitia a presença da marinha britânica em águas territoriais moçambicanas.

Este acordo foi fortemente contestado e ajudou à queda deste governo.

Refira-se ainda que a razão desta cedência portuguesa estava relacionada com a construção da linha férrea entre Lourenço Marques, hoje Maputo, ao Traansval e à necessidade de garantir que as tribos zulus não prejudicavam a conclusão deste projeto.

Personalidade nascida neste dia

No dia 30 de maio de 1674 nasceu D. António Caetano de Sousa, escritor, bibliógrafo e genealogista português.

Pertenceu ao grupo dos primeiros 50 membros que fundaram a Academia Real de História Portuguesa.

Entre as muitas obras que são da sua autoria é de destacar a Historia Genealógica da Casa Real Portuguesa. Esta obra, publicada entre 1735 e 1749, é composta por 13 volumes de texto com mais de 14 000 páginas e 6 volumes de provas documentais com cerca de 4500 páginas.

D. António Caetano de Sousa morreu no dia 5 de julho de 1759 deixando um elevado número de manuscritos por publicar.

210px-Antonio_Caetano_de_Sousa

 

 

10 de maio de 1853

10 de maio de 1853

Neste dia foi fundada a primeira companhia ferroviária portuguesa denominada Companhia Central Peninsular dos Caminhos de Ferro de Portugal, mais conhecida por Companhia Peninsular.

Esta empresa foi responsável pela construção do primeiro troço da Linha do Norte entre Lisboa e Carregado.

Os primeiros desenvolvimentos dos caminhos de ferro na Europa foram sempre acompanhados por uma grande esepculação financeira, o que levou à extinção de muitas das companhias iniciais e a Companhia Peninsular não foi exceção.

A sua extinção aconteceu em 1857.

Personalidade nascida neste dia

No dia 10 de maio de 1913 nasceu João Henrique Pereira Villaret, ator, encenador e declamador português.

Fez uma carreira no teatro e no cinema, mas destacou-se acima de tudo como declamador na televisão, bem como em programas de rádio.

As suas qualidades foram reconhecidas por Portugal quando foi feito Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada.

Morreu no dia 21 de janeiro de 1961 com apenas 47 anos.

joao_villaret.jpg

28 de outubro de 1856

28 de outubro de 1856

Neste dia foi inaugurado o primeiro troço da linha férrea portuguesa entre Lisboa e o Carregado.

Inauguração_do_caminho_de_ferro

Esta linha tinha uma extensão de 36,5 Km e o comboio tinha duas locomotivas (Portugal e Coimbra) e dezasseis carruagens. Na viagem inaugural seguiam o rei D. Pedro V e o Cardeal Patriarca de Lisboa.

Esta obra foi apresentada como “grande ícone da regeneração e da política fontista de progresso nacional”, embora tivesse sido muito criticada por homens das letras como Almeida Garrett que criticou a introdução dos caminhos de ferro em Portugal. Este escritor entendia que este não era o progresso que Portugal precisava e receava que este meio de transporte acentuasse o fosso entre as grandes cidades do litoral e o interior.

Personalidade nascida neste dia

No dia 28 de outubro de 1863 nasceu no Funchal Luís da Câmara Pestana, que se destacou como um dos pioneiros da bacteriologia.

Foi um destacado higienista e professor universitário, formado na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa com uma tese intitulada “O Micróbio do Carcinoma”. Em 1890 foi nomeado professor de Higiene, Medicina Legal e Anatomia Patológica da escola onde se formou e dois anos mais tarde criou o Instituto Bacteriológico de Lisboa.

A sua afirmação em matéria de higiene e saúde pública deu-se ao demonstrar que o bacilo da epidemia de Lisboa de 1894 não era o vibrião da cólera.

Morreu no dia 15 de novembro de 1899 vítima da epidemia de peste que combatia na cidade do Porto.

Luís_da_Câmara_Pestana