24 de maio de 1861

24 de maio de 1861

Neste dia foi fundada a Associação Nacional 1.º de Dezembro de 1640 com 40 membros como simbologia dos 40 conjurados.

Atualmente tem a designação de Sociedade Histórica da Independência de Portugal e promove o culto do amor pela pátria, a defesa da integridade do seu património, a projeção da cultura nacional, com especial relevo para a língua portuguesa, a comemoração das datas nacionais e a preservação da dignidade de Portugal como nação livre e independente.

A motivação para a sua criação foi o surgimento de um sentimento iberista que era preciso contrariar.

Personalidade nascida neste dia

No dia 24 de maio de 1898 nasceu na localidade de Ossela, concelho de Oliveira de Azeméis, José Maria Ferreira de Castro, escritor português.

Deixou uma obra vasta, tornando-se num dos autores com mais obras traduzidas no mundo, precursora do neo-realismo e inseridas na categoria de literatura universal moderna.

A sua maior obra, A Selva, publicada em 1930, já foi inclusivamente adaptada ao cinema.

Morreu na cidade invicta no dia 29 de junho de 1974.

fcastro20anos2030

 

1 de maio de 1500

1 de maio de 1500

A carta escrita por Pero Vaz de Caminha ao rei D. Manuel I com a data de 1 de maio de 1500 é considerada a certidão de nascimento do Brasil, embora só tivesse sido publicada no século XIX, mais concretamente em 1817.

220px-Carta-caminha.png

Esta carta constitui um dos três únicos testemunhos do descobrimento do Brasil, sendo os outros dois a Relação do Piloto Anônimo e a Carta do Mestre João.

Personalidade nascida neste dia

No dia 1 de maio de 1626 nasceu na Índia o nobre e político português, D. António Álvares da Cunha, 17.º senhor de Tábua, que se notabilizou como um dos Quarenta Conjurados.

Foi ainda trinchante da Casa Real de D. João IV, D. Afonso VI e de D. Pedro II, guarda-mór da Torre do Tombo e deputado da Junta dos Três Estados.

Refira-se ainda que foi o primeiro membro português da Royal Society de Londres, tendo sido eleito em 1668.

Morreu no dia 26 de maio de 1690.

13 de dezembro de 2007

13 de dezembro de 2007

Neste dia foi assinado em Lisboa o Tratado de Lisboa, inicialmente conhecido por Tratado Reformador, que emenda o Tratado da União Europeia assinado em Maastricht (1992) e o tratado que estabelece a Comunidade Europeia assinado em Roma (1957).

Algumas das novidades introduzidas por este tratado foram o aumento do número de decisões por votação com maioria qualificada no Conselho da União Europeia, o aumento do Parlamento Europeu, a criação de um Presidente do Conselho Europeu e de um Alto Representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança.

Está em vigor desde 1 de dezembro de 2009.

Personalidade nascida neste dia

No dia 13 de dezembro de 1596 nasceu António Luís de Meneses, 1.º marquês de Marialva e 3.º conde de Cantanhede.

Foi um fidalgo e militar português, Senhor de Cantanhede, de Cerva, de Marialva, de Medelo e de São Silvestre, do Conselho de Estado e do Conselho de Guerra, Vedor da Fazenda, Ministro Assistente no Despacho, Governador de Setúbal, de Cascais e da Estremadura, Comendador de Santa Maria de Almonda, São Romão de Bornes e São Cosme de Ázere, na Ordem de Cristo.

Contudo, o papel mais significativo que representou na sociedade portuguesa foi ter sido um dos Quarenta Conjurados, grupo essencial para a garantia da independência de Portugal com a Restauração ocorrida a 1 de dezembro de 1640, depois de 60 anos de governação filipina.

Morreu em 1675.

Retrato_de_D._António_Luis_de_Menezes,_1º_marquês_de_Marialva

1 de dezembro de 1640

1 de dezembro de 1640

Neste dia Portugal reconquistou a sua independência perdida em 1580 para a Espanha, sendo conhecido como o Dia da Restauração.

180px-MonumentoRestauradoresLisboa

Nestes 60 anos Portugal foi como uma província espanhola, obrigada a custear as despesas do império espanhol que se encontrava em declínio.

Esta situação criou um sentimento crescente de revolta entre os portugueses e chegou um momento em que cerca de 40 nobres, designados de conjurados, começaram a reunir-se secretamente para organizar a melhor forma de derrotar o rei Filipe III de Portugal (IV de Espanha).

Havia também consenso face ao herdeiro legítimo do trono, que seria D. João, Duque de Bragança, neto de D. Catarina de Bragança, candidata ao trono em 1580.

Foi assim que no primeiro dia de dezembro de 1640 os nobres revoltosos convenceram D. João a aderir à conspiração e invadiram de surpresa o Palácio Real, prenderam a Duquesa de Mântua, vice-rei de Portugal desde 1634, e mataram Miguel de Vasconcelos, o seu Secretário de Estado.

O Duque de Bragança foi aclamado como rei de Portugal com o título de D. João IV e deu-se início à quarta dinastia, denominada de Bragança.

O tratado de paz definitivo entre Portugal e Espanha foi assinado em 1668 (Tratado de Lisboa).

Personalidade nascida neste dia

No dia 1 de dezembro de 1934 nasceu Pedro Mário Alles Tamen, poeta e tradutor literário português.

É licenciado em Direito e foi administrador da Fundação Calouste Gulbenkian entre 1975 e 2000.

O seu livro de estreia foi Poema para Todos os Dias de 1956. Traduziu diversas obras literárias de Gabriel Garcia Marquez, Marcel Proust e Gustave Flaubert.

Recebeu diversos prémios literários destacando-se Prémio de Poesia Luís Miguel Nava em 2006 e o Prémio Literário Casino da Póvoa em 2011.

pedro_tamen