14 de agosto de 1385

14 de agosto de 1385

Neste dia aconteceu uma das batalhas mais importantes da história de Portugal, a Batalha de Aljubarrota.

As forças portuguesas, comandadas por D. João I e Nuno Álvares Pereira e com cerca de 6500 homens, derrotaram as forças castelhanas com cerca de 31 000 homens e que eram comandadas por D. João I de Castela e pelo meio-irmão de Nuno Álvares Pereira, Pedro Álvares Pereira.

Esta vitória determinou o fim da crise de 1383-1385, o reforço da aliança Luso-Britânica e a confirmação do Mestre de Avis, D. João I, como rei de Portugal.

Deste modo, iniciou-se na história de Portugal a Dinastia de Avis.

Batalha_de_Aljubarrota_02.jpg

Personalidade nascida neste dia

No dia 14 de agosto de 1888 nasceu Rosa Ramalho, que se veio a tornar uma grande ceramista portuguesa.

Apesar de ter aprendido a trabalhar o barro muito jovem, durante 50 anos dedicou-se à família e só depois de ter enviuvado com 68 anos retomou o trabalho de ceramista que lhe deu a fama merecida.

Morreu no dia 24 de setembro de 1977, estando o seu trabalho a ser continuado pela neta Júlia Ramalho.

O reconhecimento das suas qualidades artísticas foi consumado com a atribuição póstuma pela presidência da república em 9 de abril de 1981 do grau de Dama da Ordem de Sant’Iago da Espada.

rosa_ramalho

 

11 de abril de 1759

11 de abril de 1759

Nesta data um alvará real de D. José I eleva a vila de Aveiro a cidade com a designação de Nova Bragança.

Este facto acontece alguns meses depois de este rei ter condenado o último duque de Aveiro ao cadafalso por traição.

A rainha D. Maria I mandou a cidade voltar à sua antiga designação.

A cidade de Aveiro foi feita Oficial da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito a 29 de março de 1919 e Membro-Honorário da Ordem da Liberdade a 23 de março de 1998.

Personalidade nascida neste dia

No dia 11 de abril de 1357 nasceu em Lisboa aquele que veio a ser o décimo rei de Portugal e o primeiro da dinastia de Avis.

Era filho ilegítimo do rei D. Pedro I e foi aclamado monarca de Portugal na sequência da crise de 1383-1385.

O legado que deixou atribuiu-lhe o cognome de O de Boa Memória.

Foi também responsável pela conquista de Ceuta em 1415, o início da expansão portuguesa.

Os seus filhos foram designados por Luís Vaz de Camões a Ínclita Geração.

Morreu no dia 14 de agosto de 1433 e jaz sepultado no Mosteiro da Batalha.

Anoniem_-_Koning_Johan_I_van_Portugal_(1450-1500)_-_Lissabon_Museu_Nacional_de_Arte_Antiga_19-10-2010_16-12-61.jpg

6 de abril de 1385

6 de abril de 1385

Neste dia as cortes portuguesas reunidas em Coimbra aclamaram o Grão-Mestre de Aviz como rei de Portugal.

É assim que D. João I se tornou no primeiro rei da dinastia de Avis, prosseguindo a guerra com Castela que só veio a terminar em 1400.

Personalidade nascida neste dia

A cidade ribatejana de Santarém viu nascer no dia 6 de abril de 1837 o advogado e empresário português, Alfredo Augusto das Neves Holtreman.

O rei D. Carlos I atribuiu-lhe no dia 22 de junho de 1898 o título de 1.º Visconde de Alvalade.

Em 1904 disponibilizou terrenos da sua Quinta das Mouras e ajuda financeira ao seu neto, José Alfredo Holtreman Roquette, para fundar o Sporting Clube de Portugal.

Foi nomeado em 1906 o 1.º Presidente deste clube.

Depois da implantação da república foi obrigado a refugiar-se em Londres, dadas as suas fortes ligações à Família Real.

Morreu em Lisboa no dia 7 de junho de 1920.

ViscondedeAlvalade.jpg

3 de março de 1803

3 de março de 1803

Neste dia foi fundado pelo Marechal António Teixeira Rebelo (à data coronel) o Colégio Militar, escola de ensino público militar não superior.

Teixeirarebelo

O seu estandarte nacional é o mais condecorado das Forças Armadas Portuguesas, reconhecendo as suas capacidades de ministrar um ensino de excelência.

Das suas muitas condecorações destacam-se a  Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, a Ordem Militar de Cristo, a Ordem Militar de Avis, a Medalha de Serviços Distintos, a Ordem Militar de Sant’Iago da Espada e a Ordem da Instrução Pública.

Personalidade nascida neste dia

No dia 3 de março de 1506 nasceu o duque de Beja, Luís de Portugal.

Pertencente à Casa de Avis, era filho do rei D. Manuel I e de D. Maria de Aragão.

Desde muito cedo demonstrou as suas qualidades e inteligência, tendo recebido elogios públicos do seu professor de Filosofia, Aritmética, Geometria e Astronomia, Pedro Nunes.

Auxiliou o imperador Carlos V na conquista de Tunes, com um papel muito relevante no comando do galeão Botafogo, ao quebrar as correntes que defendiam a entrada do porto em La Goleta, como se descreve a seguir:

O galeão portuguez chamado S. João Baptista, em que o imperador de Alemanha, e rei de Hespanha Carlos V foi com seu cunhado o nosso infante Dom Luiz, chamado Delicias de Portugal, á conquista de Tunes contra o famoso corsario Heredim Barba-Rôxa, não só é celebrado por ser o maior navio, que nos mares da Europa opprimiram as ondas, pois jogava 366 peças de bronze, e sendo redondo continha 600 mosqueteiros, 400 soldados de espada e rodella, e 300 artilheiros; mas tambem é famoso pelo talhamar, ou serra grande de aço finissimo, que tinha na próa, para romper a cadea de Goleta; o que se não poude conseguir da primeira vez, mas sim da segunda, em que o infante Dom Luiz mandou ao piloto, que se fizesse ao mar com volta mais larga, e dadas as velas todas ao vento [prevenção que faltara na primeira] investiu a cadeia com impulso tão furioso, e vehemente, que a fez em pedaços, levantando uma grande serra de agua. Entrou o galeão pelo rio, como pelo corro o cavalleiro depois d’uma boa sorte, e começou a lançar tanta immensidade de raios sobre as fortificações dos infieis, que daqui lhe veio o nome, que o vulgo repete [ainda hoje em dia], chamando-lhe o galeão botafogo. Com elle, sem duvida, se facilitou, e conseguiu a conquista da Goleta, que se afigurava inexpugnavel, no dia 13 de Julho do anno de 1535

Foi pai de D. António, Prior do Crato, que chegou a ser aclamado como rei de Portugal e que lutou contra o domínio filipino.

D. Luís de Portugal morreu em Lisboa com 49 anos no dia 27 de novembro de 1555.

200px-Portrait_of_Infante_Luis,_Duke_of_Beja,_Belem_Collection