Os factos – parte I

O ano de 2015 está a terminar e Portugal prepara-se para iniciar mais um ciclo na escolha do seu chefe de Estado com as próximas eleições presidenciais, bastante concorridas, por sinal. Contudo, quem conhece as minhas convicções monárquicas sabe que eu não fico particularmente entusiasmado com estas eleições, preferindo ao invés ter um chefe de […]