18 de dezembro de 1622

18 de dezembro de 1622

Neste dia deu-se a batalha de Mbumbi entre as forças portuguesas e as forças do reino do Congo.

As forças portuguesas, comandadas pelo Capitão-Major Pedro de Sousa Coelho, obtiveram uma vitória contra as forças do reino do Congo comandadas pelo duque de Mbamba, D. Paulo Afonso, e pelo marquês de Mpemba, D. Cosme.

O exército português tinha 20 000 arqueiros Mbundu e 10 000 soldados portugueses de infantaria e mercenários Imbangla contra 2000-3000 arqueiros apoiados por 200 unidades de infantaria pesada.

Personalidade nascida neste dia

No dia 18 de dezembro de 1887 nasceu Artur Carlos de Barros Basto em Amarante.

Foi um militar de carreira, escritor e filósofo com diversas obras publicadas sobre o judaísmo.

Também foi um importante líder judaico e impulsionador da criação da comunidade judaica do Porto, cujo nome oficial é Comunidade Israelita do Porto.

Na sua folha militar consta a liderança, como tenente, de um batalhão do Corpo Expedicionário Português na frente de guerra da Flandres durante a I Grande Guerra. A sua bravura valeu-lhe a promoção a capitão.

Foi o grande responsável pela construção da sinagoga Kadoorie no Porto, que ainda hoje mantém as suas funções religiosas. Ainda teve tempo de ajudar centenas de judeus a fugir da II Grande Guerra e do Holocausto.

Morreu no dia 8 de março de 1961 e foi enterrado na cidade de Amarante que o viu nascer.

220px-BBasto002

Anúncios