13 de agosto de 1647

13 de agosto de 1647

Nesta data o Padre António Vieira, no exercício das suas funções de diplomata, partiu numa missão secreta a França e Holanda.

Em França pretendia que fosse combinado o casamento entre o príncipe herdeiro, D. Teodósio, e a duquesa de Montpensier. Contudo, este plano falhou.

De seguida, partiu para a Holanda para tentar dirimir o conflito que opunha portugueses e holandeses no Nordeste brasileiro.

Personalidade nascida neste dia

Nasceu na cidade invicta no dia 13 de agosto de 1875 o jornalista, cronista, romancista, contista, político e historiador Carlos Malheiro Dias.

Foi um monárquico militante, tendo sido deputado entre 1897 e 1910, exilando-se voluntariamente no Brasil depois da implantação da república em Portugal.

Foi um dos fundadores da Academia Portuguesa de História e membro-correspondente da Academia Brasileira de Letras, sucedendo a Eça de Queiroz.

Aliás, Carlos Malheiro Dias é considerado um dos mais talentosos escritores portugueses da geração seguinte à do autor d’ Os Maias. Aquela que é considerada a sua maior obra, A verdade nua, foi publicada em 1916.

Morreu na capital portuguesa no dia 19 de outubro de 1941.

cmd1 001

 

Anúncios

18 de abril de 1120

18 de abril de 1120

Neste dia o bispo do Porto, D. Hugo, recebeu de D. Teresa de Leão, mãe do futuro primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, um vasto território denominado de Couto de Portucale (atual Porto).

couto_portucale

Passados três anos, D. Hugo concedeu carta de foral desta cidade aos seus moradores.

Personalidade nascida neste dia

No dia 18 de abril de 1943 nasceu Adelino Manuel Lopes Amaro da Costa, engenheiro civil e político português.

Foi um dos fundadores do Centro Democrático Social (CDS), deputado à Assembleia Constituinte em 1975 e deputado à Assembleia da República nas legislativas de 1976, 1979 e 1980.

Ocupou o cargo de Ministro da Defesa Nacional no VI Governo Constitucional depois da vitória da Aliança Democrática (AD) nas eleições legislativas de 1980.

Morreu no dia 4 de dezembro de 1980 num acidente de aviação juntamente com Francisco Sá Carneiro, Snu Abecassis e António Patrício Gouveia, quando se deslocavam para um comício no Porto do candidato presidencial General Soares Carneiro.

No dia 13 de julho de 1981 recebeu, a título póstumo, a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique.

adelino_amaro_costa.JPG

 

2 de abril de 1231

2 de abril de 1231

Neste dia os reis D. Fernando III de Leão e Castela e D. Sancho II de Portugal acordam no Sabugal a restituição da cidade de Chaves à coroa portuguesa.

Personalidade nascida neste dia

No dia 2 de abril de 1822 nasceu Luís Augusto Rebelo da Silva, jornalista, historiador, romancista e político português.

Lecionou a cadeira de História do Curso Superior de Letras fundado por D. Pedro V e foi um dos mais prolíficos escritores românticos portugueses. Distinguiu-se como orador e político, tendo chegado a ser deputado, par do reino e ministro.

Foi pai do cientista e professor do Instituto Superior de Agronomia, Luís António Rebelo da Silva.

Morreu no dia 19 de setembro de 1871.

250px-Luis_Augusto_Rebelo_da_Silva_1.jpg

 

12 de janeiro de 1616

12 de janeiro de 1616

Neste dia o capitão Francisco Caldeira Castelo Branco desembarcou na baía do Guajará, chamada pelos índios de Paraná-Guaçu, e construiu na elevação Mairi um forte de madeira coberto de palha a que deu o nome de Presépio.

Francisco_Caldeira_Castelo_Branco

Mais tarde veio a chamar-se Forte do Castelo.  O capitão Francisco Caldeira Castelo Branco deu o nome de Feliz Lusitânia à colónia que entretanto se formou.

Este foi o embrião da cidade brasileira Belém e a data de 12 de janeiro de 1616 é considerado o dia da sua fundação.

Personalidade nascida neste dia

No dia 12 de janeiro de 1957 nasceu António Manuel de Carvalho Ferreira Vitorino, advogado e político português.

É licenciado em Direito e desde jovem que se encontra politicamente ligado ao Partido Socialista, com passagens por outras forças políticas de esquerda.

Foi deputado na Assembleia da República, Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares do IX Governo Constitucional (1983-1985), Secretário-Adjunto do Governador de Macau (1986-1987), Ministro da Presidência e Ministro da Defesa Nacional no XIII Governo Constitucional (1995-1997).
Foi Comissário Europeu, responsável pela Justiça e Assuntos Internos (1999-2004) e juiz do Tribunal Constitucional (1989-1994).

Em Portugal foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo no dia 9 de junho de 2014, tendo ainda sido feito Grande-Oficial da Ordem da República do Egito no dia 5 de março de 1997.

antonio_vitorino

 

 

26 de dezembro de 1846

26 de dezembro de 1846

Neste dia foi materializada a criação do Banco de Portugal, cujo decreto tinha sido publicado no dia 19 de novembro e que obrigava à fusão do Banco de Lisboa com a Companhia Confiança.

sedebp

Personalidade nascida neste dia

No dia 26 de dezembro de 1809 nasceu José Estêvão Coelho de Magalhães na cidade de Aveiro e que veio a ser um notável jornalista, político e parlamentar português.

Foi uma figura dominate na oposição de esquerda na Câmara dos Deputados no período entre 1836 e 1862.

Formou-se em Direito na Universidade de Coimbra e foi um dos veteranos das guerras liberais.

As suas ideias muito radicais e a frontalidade com que as defendia na oposição levou-o a procurar algumas vezes refúgio fora do país, tendo inclusivamente vivido em Inglaterra e na ilha Terceira.

O jornal da imprensa liberal mais influente, A Revolução de Setembro, foi fundado por si.

Participou no desembarque do Mindelo e integrou exército rebelde que operava no Alentejo na Guerra da Patuleia.

Morreu em Lisboa no dia 4 de novembro de 1862.

José_Estêvão

25 de dezembro de 1820

25 de dezembro de 1820

Neste dia terminam as primeiras eleições em Portugal de deputados às cortes constituintes.

Este acontecimento, juntamente com a aprovação da Constituição de 1822, marcam o início da Monarquia Constitucional que, mantinha o poder real responsável pela defesa da soberania nacional, da representação política plena e da separação e independência dos poderes legislativo, executivo e judicial.

O Rei era o “Chefe de Estado”, nomeando o Presidente do Conselho de Ministros para chefe do governo. O poder legislativo pertencia às Cortes. O rei tinha o poder moderador, se bem que também de “direção formal de todos os negócios do Reino”, como se pode verificar nos discursos proferidos na abertura das Cortes em cada legislatura – “o discurso do trono”. Tinha ainda o poder da sancionar as leis aprovadas pelas cortes e o poder de veto.

Personalidade nascida neste dia

No dia de Natal do ano de 1920 nasceu em Lisboa o ator, jornalista, radialista e escritor, Artur Fernandes Agostinho.

Artur Agostinho começou por ser conhecido pelos seus relatos dos jogos de futebol aos microfones da Emissora Nacional de Radiodifusão.

Participou em diversos filmes como O Leão da Estrela (1947), Capas Negras (1947) ou O Tarzan do 5.º Esquerdo (1958), por exemplo.

Apresentou diversos programas de televisão e participou em diversas séries e telenovelas.

Foi agraciado com a comenda da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada no dia 28 de dezembro de 2010.

Morreu no dia 22 de março de 2011.

arturagostinho

 

24 de dezembro de 1779

24 de dezembro de 1779

Foi neste dia que D. Maria I fundou a Academia Real das Ciências, precursora da Academia das Ciências de Lisboa.

250px-Placaacl

Esta academia foi fundada em pleno Iluminismo, tendo como fundadores o seu primeiro presidente e mentor,  João Carlos de Bragança e Ligne de Sousa Tavares Mascarenhas da Silva, 2.º duque de Lafões, e o primeiro secretário, Abade Correia da Serra, que eram fortes opositores do marquês de Pombal.

A criação desta instituição inseriu-se numa corrente antipombalina, tendo sido criadas duas classes, uma de ciências e outra de letras.

Personalidade nascida neste dia

No dia 24 de dezembro de 1953 nasceu o advogado e político português, José Duarte de Almeida Ribeiro e Castro.

Ribeiro e Castro é filho do 56.º presidente da Câmara Municipal de Lisboa e 120.º governador-geral de Angola, Fernando Augusto Santos e Castro.

A sua atividade política como militante do CDS inclui a criação da Juventude Centrista e da Fundação dos Trabalhadores Democratas Cristãos. Foi deputado eleito em 1976, 1980, 1999 e 2009. Participou nos governos de Francisco Sá Carneiro e Francisco Pinto Balsemão como Secretário de Estado Adjunto de Diogo Freitas do Amaral e nos três governos de Aníbal Cavaco Silva, como adjunto do Ministro da Educação, Roberto Carneiro. Foi ainda deputado no Parlamento Europeu.

No dia 14 de julho de 2010 foi agraciado como Grande-Oficial da Ordem de Bernardo O’Higgins do Chile e em 6 de dezembro do mesmo ano como Grande-Oficial da Ordem do Mérito do Luxemburgo.

ribeiro_castro