30 de julho de 1848

30 de julho de 1848

Neste dia foi inaugurada a iluminação pública a gás em Lisboa no Chiado com 26 candeeiros que pertenciam à Companhia Lisbonense d’Iluminação a Gaz.

Personalidade nascida neste dia

No dia 30 de julho de 1878 nasceu o poeta e jornalista português, António Corrêa d’Oliveira.

Publicou as suas obras durante mais de 60 anos, tendo começado com 16 anos e com uma obra denominada Ladainha.

A sua grande obra é, de acordo com muitos, Tentações de Sam Frei Gil e Verbo Ser e Verbo Amar.

Foi um poeta do Saudosismo, ligado ao Integralismo Lusitano e a revistas como a Seara Nova.

Não se pode falar deste poeta sem mencionar que foi nomeado para o Prémio Nobel da Literatura quinze vezes, sendo o português que mais nomeações teve até hoje.

Morreu com 81 anos em 1960.

antonio_correia_oliveira

28 de julho de 1131

28 de julho de 1131

Neste dia foi fundado o Mosteiro de Santa Cruz na cidade de Coimbra, onde se encontram sepultados os dois primeiros reis de Portugal, D. Afonso Henriques e D. Sancho I.

A sua fundação foi concretizada pelo Arcediago D. Telo, D. João Peculiar e o primeiro santo português, S. Teotónio, que foi o primeiro Prior deste mosteiro.

Foi a mais importante casa monástica do reino, recebendo grandes privilégios e doações dos monarcas, e uma escola de grande qualidade, tendo ainda na Idade Média um estudante muito famoso, Fernando Martins de Bulhões, mais tarde Santo António de Lisboa.

Em agosto de 2003 foi-lhe reconhecido o estatuto de Panteão Nacional, partilhado com o Mosteiro dos Jerónimos, o Mosteiro da Batalha e a Igreja de Santa Engrácia em Lisboa.

Personalidade nascida neste dia

No dia 28 de julho de 1853 nasceu em Cucujães aquele que é considerado o pai da química portuguesa, António Joaquim Ferreira da Silva.

Foi Conselheiro do rei, par do reino e o primeiro presidente da Sociedade Portuguesa de Química.

As suas qualidades foram reconhecidas com a atribuição da comenda da Ordem de S. Tiago e quando foi feito cavaleiro da Legião de Honra.

Hoje dá nome ao mais importante prémio da química em Portugal.

Morreu no dia 23 de agosto de 1923.

Dr._Ferreira_da_Silva

 

26 de julho de 1582

26 de julho de 1582

Neste dia travou-se a Batalha Naval de Vila Franca, também conhecida por Batalha de Ponta Delgada.

Desembarcoislasterceiras.jpg

As forças leais a Filipe II de Espanha, Filipe I de Portugal, comandadas por Álvaro de Bazán e com tropas portuguesas e espanholas, infligiram uma derrota às forças leais a D. António Prior do Crato constituídas por tropas francesas, inglesas, das províncias unidas e portuguesas.

A batalha foi muito violenta, com mais de 2500 mortos e seguida de um enorme massacre em Vila Franca do Campo.

Personalidade nascida neste dia

No dia 26 de julho de 1820 nasceu em Lisboa a cantora portuguesa de fado e considerada a sua mítica fundadora, Maria Severa Onofriana.

Era filha de Severo Manuel e de Ana Gertrudes e dona de uma beleza exótica atribuída à sua ascendência cigana do lado paterno.

Tal como a mãe, foi prostituta mas a sua beleza e maneira de cantar trouxeram-lhe alguma notoriedade nomeadamente com alguns amantes conhecidos. Destes destaca-se o conde de Vimioso, D. Francisco de Paula de Portugal e Castro.

Morreu muito jovem no dia 30 de novembro de 1846 e foi sepultada no cemitério do Alto de S. João numa vala comum sem caixão.

Reza a história que as suas últimas palavras foram Morro sem nunca ter vivido.

Maria_Severa_-_Fado-Sängerin

 

16 de julho de 1808

16 de julho de 1808

Neste dia as forças militares portuguesas comandadas pelo tenente-coronel Francisco Homem de Magalhães Pizarro bloquearam a fortaleza de Almeida num cerco que durou até setembro.

Francisco_Homem_de_Magalhaes_Pizarro

Esta ação foi muito importante para o desfecho positivo da reação portuguesa à primeira invasão francesa, embora tenha ficado ofuscada pelas vitórias nas batalhas da Roliça e do Vimeiro.

Personalidade nascida neste dia

No dia 16 de julho de 1948 nasceu Manuel José Macário do Nascimento Clemente no concelho de Torres Vedras em São Pedro e Santiago.

É licenciado em Teologia e doutorado em Teologia Histórica com a tese intitulada Nas origens do apostolado contemporâneo de Portugal. A Sociedade Católica (1843-1853).

É o Cardeal-Patriarca de Lisboa, o 17.º, com o título de D. Manuel III, depois de ter sido bispo auxiliar de Lisboa e bispo do Porto.

A sua condição de cardeal foi-lhe atribuída pelo Papa Francisco no dia 14 de fevereiro de 2015 depois da morte de D. José Policarpo, Cardeal-Patriarca Emérito de Lisboa, dando cumprimento ao privilégio perpétuo concedido ao patriarcado da capital portuguesa desde 1737.

Tem diversas obras publicadas e foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo pelo presidente da república Aníbal Cavaco Silva em 2010.

Destaca-se ainda a atribuição do Prémio Pessoa no dia 11 de dezembro de 2009, sendo o primeiro membro da Igreja a receber esta distinção, e o doutoramento Honoris causa em Ciência Política, Cidadania e Relações Internacionais pela Universidade Lusófona do Porto em 18 de maio de 2012.

d_manuel_clemente

 

31 de maio de 1790

31 de maio de 1790

Nesta data foram criadas as primeiras escolas femininas em Lisboa, depois da reforma pombalina ter determinado em 6 de novembro de 1772 a criação de uma rede nacional de escolas régias para o ensino elementar dos rapazes.

Personalidade nascida neste dia

No dia 31 de maio de 1469 nasceu D. Manuel I, rei de Portugal, com os cognomes de O AfortunadoO Bem-Aventurado.

D. Manuel I subiu ao trono após a morte do seu primo, o rei D. João II, que o nomeou como sucessor por não ter deixado herdeiros legítimos.

Foi durante o seu reinado que, ao prosseguir as explorações portuguesas iniciadas pelos seus antecessores, se descobriu o caminho marítimo para a Índia, o Brasil e as ilhas Molucas (ilhas das especiarias).

Os descobrimentos levaram-no a ser o primeiro rei a assumir o título de Senhor do Comércio, da Conquista e da Navegação da Arábia, Pérsia e Índia.

A instalação da inquisição em Portugal foi autorizada por este monarca.

Toda a atividade comercial resultante do comércio de especiarias gerou um ambiente de prosperidade que lhe permitiu realizar inúmeras obras com um novo estilo arquitetónico que ficou conhecido por “manuelino”.

Morreu no dia 13 de dezembro de 1521 e está enterrado no Mosteiro dos Jerónimos.

Manuel_I1

22 de maio de 1998

22 de maio de 1998

Neste dia começou a última exposição mundial do século XX, a EXPO 98, ou a Exposição Internacional de Lisboa de 1998.

O tema desta exposição foi “Os oceanos: um património para o futuro” e teve também o objetivo de comemorar os 500 anos dos Descobrimentos Portugueses.

Esta exposição decorreu de 22 de maio a 30 de setembro de 1998 e promoveu a revitalização da zona ribeirinha do Tejo em Lisboa.

Teve cerca de 11 milhões de habitantes e deixou construções que até hoje perduram na sua importância na capital portuguesa, como são o Oceanário ou o Pavilhão Atlântico, hoje MEO Arena, entre outros.

Personalidade nascida neste dia

No dia 22 de maio de 1941 nasceu Artur Eduardo Brochado dos Santos Silva, jurista e administrador de empresas.

Foi diretor-geral do Banco Português de Atlântico, secretário de Estado do Tesouro do VI Governo Provisório e vice-governador do Banco de Portugal.

Fez ainda parte das administrações da Fundação de Serralves e da Fundação da Calouste Gulbenkian, onde é presidente até 2017.

Recebeu diversas condecorações estrangeiras como a Ordem Nacional do Mérito de França, a Ordem do Mérito Civil de Espanha e Cavaleiro da Ordem Nacional da Legião de Honra de França.

Em Portugal foi feito comendador da Ordem do Mérito a 7 de novembro de 1991, recebeu a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique a 9 de junho de 2004 e a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade a 25 de abril de 2011.

artur_santos_silva

 

 

 

20 de maio de 1498

20 de maio de 1498

Neste dia chegou a Calecute o navegador português Vasco da Gama quando esta cidade era gerida pela dinastia dos Samutiri, que significava “o grande senhor do mar”.

Vasco_da_Gama_perante_o_Samorim_de_Calecute.png

O porto desta cidade era um ponto importante de comércio entre os chineses e os árabes.

Personalidade nascida neste dia

No dia 20 de maio de 1713 (há fontes que referem o ano de 1723) nasceu Francisco de Saldanha da Gama, que veio a ser o terceiro Cardeal Patriarca de Lisboa.

A sua nomeação ocorreu a 28 de maio de 1759.

Morreu 21 anos depois do terramoto de 1755 no dia 1 de novembro de 1776.

Está enterrado na Igreja do Mosteiro dos Jerónimos.

D._Francisco_de_Saldanha_da_Gama_(1723-1776).png

5 de maio de 1769

5 de maio de 1769

No início do século XVIII (1714-1716) foi instalada uma fábrica de papel na Lousã pelo genovês José Maria Ottone com o financiamento do rei D. João V.

Esta fábrica abasteceu de papel a Universidade de Coimbra, bem como saíram das suas instalações as folhas de papel para os documentos oficiais do país como o Diário do Governo e da Junta de Crédito Pública.

Depois da morte do seu fundador a fábrica entra em declínio e o novo monarca português, D. José I, constatando que o empréstimo régio nunca tinha sido satisfeito, mandou avaliar o imóvel para futura arrematação.

Contudo, um decreto de 5 de maio de 1769 determinou a sua venda a um comerciante do Porto, João Baptista Bourgeois, viabilizando-se assim a continuação de laboração de tão importante infraestrutura para a economia nacional.

Personalidade nascida neste dia

No dia 5 de maio de 1210 nasceu D. Afonso III, rei de Portugal depois da deposição do seu irmão mais velho D. Sancho II.

Foi o primeiro rei de Portugal a usar o título de rei do Algarve e teve o cognome de O Bolonhês por força do seu primeiro casamento com Matilde II, condessa de Bolonha.

O seu reinado ficou caraterizado por ter ouvido as vozes da classe média de pequenos mercadores e proprietários, tendo também ficado conhecido como o pai do Estado Português.

Também foi da sua responsabilidade a realização em Leiria das primeiras cortes em 1254 e no ano seguinte a transferência da capital de Portugal de Coimbra para Lisboa.

No final da sua vida envolveu-se em vários conflitos com a igreja, o que lhe valeu a excomunhão, apenas retirada em 1279 quando jurou obediência à instituição clerical.

Morreu no dia 16 de fevereiro de 1279 e jaz sepultado no mosteiro de Alcobaça.

200px-CC_Afonso_III

 

26 de fevereiro de 1885

26 de fevereiro de 1885

Neste dia terminou a Conferência de Berlim iniciada no dia 19 de novembro de 1884 e que teve como objetivo organizar a ocupação de África pelas potências coloniais.

Foi promovida pela Alemanha e participaram a Grâ-Bretanha, França, Espanha, Portugal, Itália, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Estados Unidos da América, Suécia, Áustria-Hungria e Império Otomano.

Com esta conferência a Alemanha viu satisfeito o desejo de administrar o Sudoeste Africano e Portugal apresentou o projeto do Mapa cor-de-rosa que pretendia ligar Angola a Moçambique e que acabou por não ser concretizado pela pressão de Inglaterra.

Personalidade nascida neste dia

No dia 26 de fevereiro de 1936 nasceu José da Cruz Policarpo, cardeal português, patriarca de Lisboa entre 1998 e 2013 e cardeal-patriarca de 2001 a 2013.

No patriarcado de Lisboa sucedeu ao cardeal-patriarca D. António Ribeiro.

Depois do seu pedido de renúncia feito no dia 17 de fevereiro de 2011 por atingir os 75 anos ter sido aceite pelo papa Francisco no dia 18 de maio de 2013, sucedeu-lhe o bispo do Porto, D. Manuel José Macário do Nascimento Clemente.

Morreu em Lisboa no dia 12 de março de 2014 em Lisboa.

jose_policarpo

 

 

10 de janeiro de 1907

10 de janeiro de 1907

A Torre de Belém foi classificada como Monumento Nacional por decreto do dia 10 de janeiro de 1907.

i.torre-de-belm-20130429

Foi criada pensando no plano defensivo da barra do rio Tejo projetado no tempo de D. João II. Contudo, só viria a ser iniciada a sua construção em 1514, sob as ordens do arquiteto Francisco de Arruda.

Foi concluída em 1520 e, com a evolução dos meios de ataque e defesa, foi perdendo gradualmente a sua função original.

As suas diversas utilizações incluíram os registos aduaneiros, posto de sinalização telegráfico e farol. Nos reinados de Filipe II de Espanha (Filipe I de Portugal) e de D. João IV os seus paióis serviram de masmorras para presos políticos.

É uma torre quadrangular, de estilo manuelino, com cinco pavimentos:

  • Primeiro andar – Sala do Governador.
  • Segundo andar – Sala dos Reis, com teto elíptico e fogão ornamentado com meias-esferas.
  • Terceiro andar – Sala de Audiências
  • Quarto andar – Capela
  • Quinto andar – Terraço da torre

É Património Mundial da UNESCO desde 1983.

Personalidade nascida neste dia

O jurisconsulto e professor de Direito da Universidade de Coimbra, Domingos Fezas Vital, nasceu em Caminha no dia 10 de janeiro de 1888.

Foi reitor desta universidade entre 1927 e 1930 e a partir de 1935 professor da Universidade de Lisboa.

Era um forte apoiante da Causa Monárquica, tendo sido seu dirigente e lugar-tenente de D. Duarte Nuno de Bragança.

Além da sua carreira universitária foi membro do Conselho de Administração dos Caminhos de Ferro Portugueses, juiz do Tribunal Permanente de Arbitragem de Haia e vogal da Comissão Permanente do Direito Marítimo Internacional.

Foi agraciado com as Grãs-Cruzes da Ordem da Instrução Pública em 22 de setembro de 1930 e da Ordem Militar de Cristo em 28 de maio de 1937. Foi ainda condecorado com os oficialatos da Ordem Nacional da Legião de Honra e da Cruz Vermelha Alemã.

Morreu na sua casa em Lisboa no dia 22 de janeiro de 1953.

domingos_vital