18 de novembro de 1488

18 de novembro de 1488

Neste dia, o navegador português Bartolomeu Dias dobrou o Cabo das Tormentas, mais tarde designado Cabo da Boa Esperança, pelo rei D. João II, uma vez que ficava demonstrada a existência de um caminho alternativo para o comércio com o Oriente.

220px-Bartolomeu_Dias,_South_Africa_House_(cut)

O rei D. João II tinha atribuído a Bartolomeu Dias a difícil missão de procurar e estabelecer relações pacíficas com o lendário rei cristão africano Prestes João, além de ter ordens para explorar o litoral africano e encontrar uma rota para as Índias.

A expedição de Bartolomeu Dias, com duas caravelas de 50 toneladas e uma naveta auxiliar, atravessou o Cabo das Tormentas depois de passar pela angra dos Ilhéus (atual baía de Spencer), tendo enfrentado um temporal durante treze dias.

Depois da acalmia da tempestade, navegaram para leste e só encontraram mar. Foram então para norte e ao encontrarem a foz de um rio, Bartolomeu Dias deu conta que tinha passado pelo extremo sul de África.

Personalidade nascida neste dia

No dia 18 de novembro de 1871 nasceu em Lisboa o professor e político português, Manuel de Sousa da Câmara.

Formou-se em Agronomia, tendo sido Professor Catedrático e Diretor do Instituto Superior de Agronomia. A sua especialidade era o estudo dos fungos parasitas.Também foi sócio efetivo da Academia das Ciências de Lisboa.

Na sua vida política ocupou lugares de deputado, senador, governador civil de Évora e Ministro da Agricultura.

Manuel_de_Sousa_da_Câmara

4 opiniões sobre “18 de novembro de 1488

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s