7 de fevereiro de 1877

7 de fevereiro de 1877

Neste dia é assinada em Lisboa uma convenção telegráfica entre Portugal e Espanha.

Personalidade nascida neste dia

No dia 7 de fevereiro de 1935 nasceu João Pedro Bénard da Costa, professor, gestor cultural, crítico de cinema e ensaísta português.

A sua carreira fica indelevelmente marcada pela paixão pelo cinema, tendo desde muito cedo desenvolvido atividades relacionadas com a sétima arte, desde a participação no movimento cineclubista no ambiente universitário, a coordenação do Setor de Cinema do Serviço de Belas-Artes da Fundação Calouste Gulbenkian ou a lecionação da cadeira de História do Cinema na Escola de Cinema do Conservatório Nacional.

Também participou em mais de uma dezena de longas metragens de Manoel de Oliveira com o pseudónimo de Duarte de Almeida, bem como no filme de João César Monteiro, Recordações da Casa Amarela.

Foi diretor da Cinemateca Portuguesa durante 18 anos.

Recebeu o Prémio de Estudos Fílmicos da Universidade de Coimbra em 1995 e o Prémio Pessoa em 2001.

Foi feito Oficial da Ordem das Artes e das Letras de França, Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique de Portugal no dia 10 de junho de 1990 e foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo de Portugal no dia 21 de novembro de 2005. Recebeu ainda a Medalha de Mérito Cultural do Ministério da Cultura de Portugal em 2008.

Morreu no dia 21 de maio de 2009.

joao_benard_costa

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s