5 de abril de 1768

5 de abril de 1768

Neste dia foi publicado o alvará que cria a Real Mesa Censória com o objetivo de transferir para o Estado a fiscalização das obras que se pretendia publicar no reino português.

Foi também uma forma encontrada pelo marquês de Pombal de concentrar em si o poder que até esta data era exercido pelo Tribunal do Santo Ofício, do Desembargo do Paço e do Ordinário, ou seja, a Inquisição Portuguesa.

Esta instituição foi reformada pela rainha D. Maria I e mais tarde extinta pela Carta de Lei de 17 de dezembro de 1794.

Personalidade nascida neste dia

No dia 5 de abril de 1907 nasceu em Santos-o-Velho, Lisboa, o poeta português Carlos Queirós, de seu nome completo José Carlos de Queirós Nunes Ribeiro.

Este poeta do denominado segundo modernismo português foi um dos nomes mais importantes da revista Presença. Aliás, ele desempenhou um papel fundamental na ligação entre o primeiro modernismo português da revista Orpheu e o já referido segundo modernismo.

A participação de Carlos Queirós na revista Presença iniciou-se no seu número 5 publicado em 1927 e que também teve como autores Fernando Pessoa e Almada Negreiros.

Morreu em Paris no dia 28 de outubro de 1949.

200px-Carlos_queiroz

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s