30 de dezembro de 1886

30 de dezembro de 1886

Neste dia Portugal assinou um declaração com a Alemanha para o reconhecimento da soberania portuguesa em Angola e Moçambique, cedendo algum território no sul de Angola.

Em anexo a esta declaração estava o designado “mapa cor-de-rosa”, que continha as zonas de soberania no interior de África.

A estratégia de Barros Gomes era conseguir o reconhecimento da soberania portuguesa nos territórios entre Angola e Moçambique.

Refira-se ainda que este entendimento luso-germânico fez com que Inglaterra invocasse a conferência de Berlim para o seu não reconhecimento.

Personalidade nascida neste dia

No dia 30 de dezembro de 1861 nasceu na capital de Portugal o grande monárquico Henrique Mitchell de Paiva Cabral Couceiro.

Foi um ilustre militar, administrador colonial e político, com um desempenho notável nas campanhas de ocupação colonial em Angola e Moçambique.

Também se notabilizou nas incursões monárquicas contra a primeira república, tendo inclusivamente presidido ao governo da Monarquia do Norte entre 19 de janeiro e 13 de fevereiro de 1919.

A defesa dos princípios do Integralismo Lusitano conduziu-o por diversas vezes ao exílio antes e depois do Estado Novo.

Morreu com 82 anos no dia 11 de fevereiro de 1944.

200px-Avô_Henrique_wiki2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s