Um adeus irreparável

Esta semana Portugal viu partir mais um dos seus sábios, mais um português que se distinguiu pela sua inteligência, visão, princípios éticos e cívicos.

Há quase três anos escrevi sobre este grande sábio português, o arquiteto Gonçalo Ribeiro Telles, num artigo que intitulei de “A voz dos sábios“.

RT-2546

Quero prestar a minha sincera homenagem a um homem que nunca conheci pessoalmente, mas que sempre admirei e que deverá ser uma referência para todos nós.

Saibamos utilizar a sua obra e todas as palavras que escreveu como farol orientador para um Portugal cada vez melhor, cada vez mais integrado com o ambiente, com cada vez com mais qualidade de vida para os seus cidadãos.

Reitero a minha recomendação de leitura da compilação de crónicas que a Real Associação de Lisboa fez com a edição do livro “Porque sou monárquico” e recordo que é fundamental que saibamos ouvir as vozes dos sábios, as vozes daqueles que, além da inteligência, adquiriram uma sapiência que não deve ser desperdiçada pelas gerações futuras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s