A voz dos sábios – parte 3

Quando iniciei este blogue há mais de cinco anos foi com o intuito de criar um espaço onde pudessem ficar algumas das minhas ideias, das minhas reflexões, mesmo que não tenham interesse para os outros.

Uma dessas minhas reflexões é a importância que dou às referências que nos acompanham e inspiram ao longo da vida, aos sábios com quem nos vamos cruzando, pessoalmente ou não, e cujos ensinamentos procuro reter.

O artigo “Referências” que escrevi há cerca de três anos enquadra e explica a importância que dou às pessoas que de alguma forma me influenciaram. Antes deste escrevi outro sobre o Arquiteto Gonçalo Ribeiro Telles, intitulando-o “A voz dos sábios”, no qual procuro explanar as razões pelas quais devemos ouvir as vozes daqueles que pela sua experiência e sabedoria acumuladas são relevantes para pensarmos estrategicamente o país.

Mais tarde voltei a escrever sobre a importância dos sábios em “A voz dos sábios – parte 2” após ter ouvido uma entrevista fantástica e cheia de ensinamentos ao Professor Sobrinho Simões.

Ainda nesta temática escrevi “O papel dos ex-presidentes da república” dando nota que a experiência destas personalidades portuguesas não era devidamente aproveitada em benefício de Portugal e dos Portugueses.

Nesta sequência não poderia deixar de escrever sobre a entrevista que o General Ramalho Eanes deu ontem ao Miguel Sousa Tavares e que é um exemplo perfeito de uma voz sábia. Com efeito, todas as respostas, todas as reflexões que este ex-presidente da república deu e fez são um manual de como aprender com o passado e refletir essas lições no planeamento estratégico das políticas do país.

É uma entrevista que deve ser vista e ouvida por todos, que deve ser analisada pelos comentadores políticos, que deve servir para os decisores políticos aprenderem como se faz, aprenderem a ouvir antes de fazer.

Reitero a necessidade de Portugal encontrar um modelo que seja aglutinador do conhecimento, da experiência e das ideias daqueles, que pela sua inteligência e pelo seu percurso de vida, podem ser decisivos na definição das estratégias de longo prazo para Portugal.

One thought on “A voz dos sábios – parte 3

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s