15 de julho de 1799

15 de julho de 1799

A rainha D. Maria I, por força da sua instabilidade mental, deixou de ter condições para manter a chefia de Estado.

Este processo de crescente incapacidade mental para gerir o país terá começado em 1792 e para o qual contribuiu o facto do pai, rei D. José I, ter permitido ao marquês de Pombal perseguir os jesuítas, as mortes do marido, D. Pedro III e do príncipe herdeiro, bem como a revolução francesa que culminou com a execução do rei Luís XVI na guilhotina.

É assim que neste dia, o príncipe D. João assume a regência atè à morte da rainha no dia 20 de março de 1816, data em que se inicia o seu reinado como D. João VI.

Personalidade nascida neste dia

No dia 15 de julho de 1939 nasceu Aníbal António Cavaco Silva na localidade algarvia de Boliqueime.

É economista e professor universitário, tendo exercido diversas funções políticas, destacando-se as de primeiro-ministro e de presidente da república.

Iniciou as suas funções políticas como ministro das Finanças de Francisco Sá Carneiro de 2 de janeiro de 1980 até 10 de janeiro de 1981.

Foi o 13.º primeiro-ministro de Portugal entre 5 de novembro de 1985 e 27 de outubro de 1995, destacando-se o facto de ter conseguido a primeira maioria absoluta da democracia portuguesa depois do 25 de abril.

No período de 9 de março de 2006 até ao mesmo dia do ano de 2016 exerceu as funções de presidente da república, o 19.º da história de Portugal.

cavaco_silva

Anúncios

3 opiniões sobre “15 de julho de 1799

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s